Quando se escolhe ter em nossa casa um animal de estimação para criação ou não, temos que ter em conta a saúde, a alimentação e tudo o que seja relacionado com o seu bem-estar. Mas a parte que nos interessa agora é a saúde do nosso “amiguinho de quatro patas”. As vacinas, as consultas, medicamentos e outros tratamentos que muitas vezes são necessárias, para garantir a saúde e o bem estar dos nossos “amiguinhos”, são quantias muitas vezes avultadas que pagamos e que não podem ser incluídas na nossa declaração de IRS.

Se concordar comigo, convido-a(o) a assinar esta petição para se enviar à Assembleia da República: Siga este link:

Dedução de despesas com saude animal em IRS

Anúncios